O aumento de casos de bruxismo durante a quarentena

Estamos vivenciando a primeira pandemia do século XXI, causado pelo mais do que conhecido coronavírus. Toda essa pressão midiática, aliada a necessidade de distanciamento e isolamento social, que foram apelidadas de quarentena, causa muito impacto físico e psicológico às pessoas, que podem acabar desenvolvendo algumas condições de saúde, que podem ser de difícil diagnóstico quando há entreveiros de mobilidade, como é o caso do bruxismo, por exemplo.

No conteúdo de hoje, vou explicar o que é o bruxismo, quais são seus sintomas, causas, sua relação com a quarentena e dar algumas dicas simples para amenizar essa condição de saúde. Não deixe de ler.

O que é Bruxismo

O Bruxismo, é definido pela Academia Americana de Dor Orofacial como uma atividade não funcional que inclui apertar, ranger ou então esfregar os dentes entre si, podendo ocorrer tanto durante o dia, quanto durante a noite.

Embora possa ter fatores nutricionais, e hereditários, essa condição de saúde, está diretamente associada a questão do estresse emocional, algo, pelo qual todos estão passando nesse momento, não é mesmo?

O Bruxismo pode causar pequenas fraturas dentárias, sensibilidade e mobilidade nos dentes, além de problemas na ATM – articulação temporomandibular.

Os principais sintomas

Os principais sintomas do Bruxismo são:

  • Dores de cabeça sem uma causa aparente, principalmente na região das têmporas;
  • Dores mandibulares;
  • Dentes rachados ou trincados.

A ocorrência do bruxismo é muito mais comum durante o período noturno, enquanto se dorme. Quando alguém está sendo submetido a um alto nível de estresse, tende a ficar tenso, e essa tensão, de maneira involuntária é repassada a articulação das têmporas e da mandíbula, trazendo à tona, os sintomas mencionados.

A relação do bruxismo com a quarentena

Embora seja uma doença naturalmente voltada ao universo odontológico, médicos também estão aptos a diagnosticar o problema. Durante pesquisas e leituras recentes nesse tempo de distanciamento social, tenho lido relatos de um aumento de casos de bruxismo.

A relação do bruxismo com a quarentena é total, afinal, todos estamos sendo submetidos a uma situação de estresse contínuo.

A ausência de uma vacina, a superlotação em hospitais, a preocupação com a economia, a necessidade e o desejo de proteger entes queridos, causam, de maneira automática uma sensação constante de preocupação, estresse e acima de tudo ansiedade, que naturalmente desencadeiam uma situação de tensão que pode perdurar por 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Quem não acorda ou vai dormir preocupado durante esse período de quarentena? É natural, afinal, somos seres humanos e não robôs.

Dessa forma, se tornar fácil enxergar uma relação direta no aumento de casos de bruxismo durante a quarentena.

Tratamento

Algo importante de ser dito sobre o bruxismo, é que se trata de uma condição que não tem cura, mas pode ser tratada com alto nível de sucesso. Separei para te mostrar, quais são as duas principais formas de se tratar o bruxismo.

Uso de dispositivo na hora de dormir

Essa forma de tratar o bruxismo, necessita da ação direta de um dentista, que através de um molde, irá fazer sobre medida um dispositivo que se encaixa dentre os dentes superiores e inferiores, evitando um atrito direto entre eles.

Importante mencionar, que embora o dispositivo seja uma ótima maneira de lidar com essa condição de saúde, ele não é a cura.

Métodos de relaxamento

Como citei anteriormente, a tensão cotidiana, principalmente a qual enfrentamos atualmente é uma das principais causas do bruxismo. Por isso, uma forma bastante eficaz de tratamento é buscar alguma forma de relaxar.

O relaxamento pode ser proveniente de práticas simples, tais como ler um livro, ouvir música, acender um incenso, começa a praticar algo novo, como Yoga ou Meditação, por exemplo. Essas são técnicas mais mentais do que física para relaxar.

Já do ponto de vista físico, eu recomendo que você se exercite dentro da sua realidade. A prática do exercício libera endorfina, e traz uma sensação de bem-estar generalizada. Outra forma bastante eficaz de lidar com o bruxismo, é a aplicação de uma bolsa de água ou uma toalha morna dos dois lados face, isso traz sensação de conforto e ajuda no relaxamento muscular, evitando tensões musculares.

Estamos passando por uma fase difícil, isso é óbvio. No entanto, com união, parceira e principalmente respeito ao próximo, tudo isso será superado, e no futuro próximo, poderemos olhar para trás com orgulho por termos vencido.

Caso você ainda tenha alguma dúvida sobre bruxismo que não respondi no decorrer do artigo, basta deixar um comentário, que lhe responderei com o maior prazer o mais rapidamente possível.

Add your comment or reply. Your email address will not be published. Required fields are marked *