Síndrome do intestino irritável: Saiba tudo sobre ela

O estresse e a ansiedade em conjunto com a má alimentação podem acarretar danos ao organismo como um todo.  No entanto o que pouca gente sabe é que o trato digestório é um dos mais afetados pela ausência da saúde mental e de uma alimentação é adequada, podendo dar origem a uma série de condições patológicas, como é o caso da Síndrome do intestino irritável.

No artigo de hoje vou te mostrar o que é a síndrome do intestino irritável e como uma medicina mais humanizada junto à homeopatia pode ajudar em sua resolução. Vamos descobrir?

O que é a síndrome do intestino irritável? 

A síndrome do intestino irritável é uma doença de ordem funcional que vem se tornando cada vez mais comum. Trata-se de uma condição crônica que afeta tanto o intestino grosso, quanto o intestino delgado causando uma série de sintomas desconfortáveis.

Conhecendo os sintomas 

Os sintomas da síndrome do intestino irritável podem variar entre os pacientes e podem inclusive, ser semelhantes aos sinais de outras doenças. Os principais sintomas são:

  • Dores abdominais seguidas de cólicas;
  • Inchaço abdominal após refeições (sensação de estufamento e barriga alta);
  • Formação de gases;
  • Diarreia ou constipação com quadros alternados;
  • Presença de muco nas fezes.

Por ser uma condição de saúde crônica na maioria dos casos há momentos em que os sintomas são mais leves e outros com pior manifestação.

Compreendendo as causas

Nesse momento você pode me perguntar: Dr. Wadis quais são as causas da síndrome do intestino irritável?

Para entender sobre as causas é importante conhecermos um pouco o intestino. Trata-se de um órgão revestido com músculos que se contraem e relaxam conforme os alimentos são ingeridos.

Na síndrome do intestino irritável as contrações podem ser mais fortes ou durar mais tempo que o normal, fazendo com que os sintomas mostrados se tornem mais característicos, ou pode ser que ocorra justamente o oposto, fazendo com que as contrações se tornem mais dificultadas, o que retarda a passagem dos alimentos, tornando as fezes mais endurecidas.

Ainda não se sabe qual é a causa da doença, mas estudos demonstram que há uma combinação de fatores envolvidos em seu desenvolvimento. São eles:

  • Alimentação;
  • Estresse;
  • Pré-existência de outras doenças.

A alimentação, principalmente de alimentos com alta capacidade de fermentação como feijão, lentilha, vegetais com alto teor de fibras são apontados como um dos causadores da síndrome do intestino irritável.

Além disso, alimentos ricos em açúcar ou gorduras de má qualidade, como é o caso da gordura trans, podem irritar a mucosa intestinal e dar origem à condição de saúde.

Estudos mostram que o estresse pode agravar o quadro da doença. No caso de pessoas que se alimentam mão e são estressadas a síndrome pode se desenvolver de maneira mais aguda.

Por fim a pré-existência de outras doenças, como episódios de diarreia de origem infecciosa, ou quadros de disbiose, que é o crescimento excessivo de bactérias intestinais podem desencadear a síndrome do intestino irritável.

Buscando diagnóstico e tratamento 

Infelizmente não existe um exame específico capaz de apontar um diagnóstico positivo ou negativo para a síndrome do intestino irritável.

Exames de imagem como colonoscopia, por exemplo podem servir como guia indicativo. Entretanto o diagnóstico é feito com base nos sintomas apresentados pelos pacientes.

De maneira geral o tratamento da síndrome do intestino irritável envolve a participação de equipe de saúde interdisciplinar.

Embora medicamentos possam ser utilizados para amenizar os sintomas, o paciente só vai apresentar melhorias com alterações alimentares, prática de atividades físicas e alterações de comportamento.

Assim, contar com o auxílio de clínico geral, nutricionista, gastroenterologista, educadores físicos e até mesmo psicólogos é a melhor forma de tratar essa condição de saúde.

Medicina humanizada e homeopatia também são importantes 

A medicina humanizada onde o médico é capaz de entender o paciente e não tentar tratar apenas a doença, mas todo o comportamento do paciente em si tem se mostrado como um grande trunfo no combate e resolução da síndrome do intestino irritável.

Além disso, a homeopatia também se mostra como uma ótima opção de tratamento. Um estudo randomizado controlado de 2014 mostrou que 62,5% de pacientes sob tratamento homeopático alcançaram mudanças clínicas relevantes no escore de gravidades dos sintomas da síndrome do intestino irritável. No mesmo estudo, apenas 25% dos pacientes com cuidados habituais atingiram o mesmo resultado.

Isso só prova que a homeopatia também é uma opção um tanto quanto eficaz para se tratar essa condição de saúde.

Considerada de acordo com minha opinião como uma doença dos tempos modernos, adianto de antemão que embora seja uma condição de saúde desagradável por meio de ações simples conseguimos tratar a síndrome do intestino irritável.

Se você sofre com essa condição não perca mais tempo. Clique aqui para agendar uma consulta agora mesmo e ter de volta toda a qualidade de vida e alegria de viver.

Add your comment or reply. Your email address will not be published. Required fields are marked *

I accept the Privacy Policy * for Click to select the duration you give consent until.