Modulação hormonal Masculina e Andropausa: Parte 2

Diferente do que muita gente acredita, assim como ocorre com as mulheres, homens também sofrem com variações e até mesmo diminuições de níveis hormonais que podem ter consequências diretas em sua saúde física e mental. E, a exemplo do que ocorre com as mulheres, é possível promover uma modulação hormonal natural sem quaisquer tipos de efeitos colaterais.

Enquanto as mulheres se preocupam (e algumas) sofrem com a menopausa, o problema hormonal que atinge a saúde dos homens recebe o nome de andropausa.

No artigo de hoje, vou explicar o que é a andropausa, quais são seus sintomas e como é possível modular os hormônios masculinos, principalmente a testosterona de maneira natural e saudável. Confira.

Explicando a andropausa

A andropausa é popularmente chamada de menopausa masculina. Trata-se do processo de diminuição lento da testosterona no organismo masculino. É importante lembrar que esse hormônio é responsável por controlar o desejo sexual masculino, ereções, produções de espermatozoides e também a força muscular.

Normalmente, a andropausa surge por volta dos 50 anos de idade e é comparada à menopausa devido aos sintomas que causam. Embora se trate de um processo natural e fisiológico do organismo masculino, essa condição de saúde pode ser controlada e amenizada através de simples ações que visam promover uma modulação hormonal masculina.

Sintomas da andropausa

A deficiência de testosterona apresenta uma série de sintomas, além de estar relacionada a uma série de patologias. Os principais sinais da andropausa são:

  • Alterações de humor;
  • Sensação de cansaço ou fadiga sem uma causa;
  • Diminuição de energia;
  • Queda na libido;
  • Disfunções eréteis;
  • Perda de massa muscular;
  • Diminuição da massa óssea.

Modulação hormonal masculina através da alimentação

O simples pensamento de sofrer os efeitos da andropausa deixa muito homem preocupado. No entanto, não há necessidade para grandes preocupações. Existem diversas formas de promover uma modulação hormonal natural no organismo masculino e a alimentação é a principal delas.

Os principais alimentos capazes de aumentar a produção de testosterona e amenizar os efeitos da andropausa são:

  • Gorduras de qualidade;
  • Romã;
  • Alho;
  • Pimentas;
  • Chás e café.

Gorduras de qualidade

As gorduras de qualidade, principalmente a do tipo ômega 3, é capaz de aumentar os níveis de produção de testosterona e colaborar para a modulação hormonal masculina. Para obter esse efeito benéfico é protetor, é necessário inserir na dieta alimentos como, azeite de oliva, sementes oleaginosas, (sementes de chia, de linhaça) e peixes gordurosos, como o salmão, a sardinha ou arenque, por exemplo.

Romã

A romã é uma fruta sazonal capaz de estimular a produção de óxido nítrico, aumentando a vascularização sanguínea, além de atuar na produção da testosterona. Contribuindo assim para o processo de modulação hormonal. Muitos homens com problemas de ereção encontram na romã, uma poderosa ajudante.

Alho

O alho é outro alimento coringa para os homens. Ele atua diretamente nos testículos, potencializando a produção de testosterona e colaborando assim para manutenção e normalização dos níveis desse importante hormônio.

Pimentas

Pimentas são ricas em capsaicina, um composto natural capaz de estimular a produção de energia e também de testosterona pelo organismo. Qualquer tipo de pimenta pode auxiliar na questão de modulação hormonal masculina, colaborando para o controle dos efeitos da andropausa.

Chás e café

Chás verde, branco, preto, além do próprio café são bebidas ricas em cafeína. Esse composto, é capaz de promover o aumento da produção da testosterona e demais hormônios e com isso, trazer mais saúde física e mental para os homens.

Além disso, alguns suplementos, como a vitamina D e os produzidos com altas concentrações de proteína – o famoso whey protein, colaboram para elevar e manter os níveis do hormônio masculino.

Outra maneira eficaz de elevar os níveis de testosterona naturalmente se dá através da musculação. Essa atividade física colabora com a manutenção dos músculos e promove queima de gordura corporal, que quando em excesso pode afetar a produção e os níveis de testosterona e demais hormônios.

Diferentes formas de evitar ou amenizar a andropausa H2

Além da alimentação e da prática da musculação, outras ações podem ser tomadas com relação a questão da modulação hormonal masculina. São elas:

  • Evitar qualquer tipo de atividade que possa lesionar os testículos;
  • Evitar a automedicação com fármacos que afeta a produção de testosterona;
  • Praticar uma alimentação balanceada;
  • Praticar atividades físicas regularmente.

A exemplo do que ocorre no organismo feminino, os homens também podem ser afetados por variações hormonais. No entanto, essas variações podem ser facilmente evitadas ou contornadas através das ações aqui demonstradas.

Agora que você já sabe tudo sobre andropausa e modulação hormonal masculina que tal espalhar conhecimento? Para isso, basta compartilhar esse conteúdo em suas redes sociais. Dessa maneira todos seus amigos saberão quão fácil é manter a saúde.

Add your comment or reply. Your email address will not be published. Required fields are marked *